Problemas com latido?

Como melhorar o problema com o latido.

Inserido em 10 de Set. de 2013 às 07:50

Uma das formas do cão se expressar é pelo latido, assim como os humanos se expressam pela fala e pode significar muitas coisas como brincadeira, agressividade, ansiedade, alerta.

Uma das melhores formas de resolver o problema é identificar o motivo do latido, se é medo, ansiedade, dor, comunicação para “tratar” o latido, se ele estiver ansioso, talvez fazer exercícios físicos regularmente pode diminuir o latido, se for medo, talvez trocar a casa de lugar resolva o problema, por isso identificar a origem dos latidos é fundamental para tomar as providencias adequadas.

Cães sem atividade tem a tendência de desenvolver problemas comportamentais, brincadeiras aeróbicas são as mais recomendadas, pois provocam relaxamento mental e físico, além de alterarem alguns neurotransmissores cerebrais, funcionando de maneira semelhante a um antidepressivo.
Cão que só sabe pedir latindo fica mais ansioso e aflito quando é impedido de usar essa forma de comunicação. Por isso, estimule o seu cão a usar outros sinais para manifestar as vontades dele. Para tanto, passe a atender os sinais alternativos usados pelo cão, aos quais você não dava atenção. Como quando ele põe a pata no seu colo para pedir carinho ou fica olhando para a maçaneta para alguém abrir a porta. Novos comportamentos comunicativos podem ser ensinados, como trazer a guia na boca para mostrar que quer passear ou cumprimentar, para ganhar petisco.

Procure, sempre que possível, recompensar os comportamentos corretos. Isso inclui não latir. Crie situações nas quais o cão normalmente latiria, como tocar a campainha da porta, e recompense-o com um petisco se ele não latir. E, se latir, repreenda-o imediatamente, fazendo algo desagradável para ele. Como resultado, muitos cães, ao ouvir o toque da campainha, correm na direção do proprietário e pedem petisco em vez de ficarem na porta latindo. Estimular um novo comportamento, em vez de apenas reprimir o comportamento indesejado, controla muito mais facilmente o cão agitado ou excitável demais.